55ª Assembleia da CNBB e o Congresso da Catequese são pautas da reunião do CAP

19/05/2017 às 11h41

Nessa quinta-feira (18) foi realizada a segunda reunião do ano do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP). Em todas as edições do mês de maio, o arcebispo, Dom Geraldo Lyrio Rocha, apresenta aos membros do conselho alguns pontos trabalhados na Assembleia Geral da CNBB.

Entre os dias 26 de abril a 5 de maio, os bispos estiveram reunidos, em Aparecida (SP), para a 55ª Assembleia da CNBB. Segundo Dom Geraldo, a assembleia tem um alcance eclesial de suma importância. “São os pastores da Igreja do Brasil que se reúnem, enquanto pastores, para se dirigir a toda a Igreja do Brasil com sua palavra de estimulo, de orientação. Colocando a Igreja em um contexto maior, que é o contexto nacional. Por isso, os assuntos de ordem política, social e econômica comparecem fortemente nas assembleias”, afirma o arcebispo.

O encontro anual do episcopado brasileiro teve como tema “Iniciação à vida cristã: um processo formativo do discípulo missionário de Jesus Cristo”. “Os tempos mudaram. A família não consegue ser mais a transmissora da fé. Em um outro regime, em um outro contexto histórico, a própria sociedade facilitava a transmissão da fé e dos valores Cristão. Então, nós precisamos nos recordar da experiência da Igreja antiga, que mesmo em uma sociedade pagã, transmitia a fé. Não se trata de nós reproduzirmos o que foi feito em outro contexto histórico, mas sim, de nós nos inspirarmos para ver como podemos fazer esse processo de iniciação à vida cristã. Não basta um cursinho de preparação ao batismo. Não basta uma catequese para liberação da primeira eucaristia. Não basta só os nossos encontros de preparação para a crisma. É preciso um processo que leve a pessoa a descobrir e se encontrar com Jesus Cristo”, explica Dom Geraldo.

Os 10 anos da Igreja no Brasil após a Conferência de Aparecida e as reformas, que estão acontecendo no país, foram outros pontos trabalhados na assembleia.

Congresso da Catequese

Agendado para os dias 2 a 5 de novembro, o 2° Congresso Arquidiocesano da Catequese, que tem como tema central a evangelização, foi ponto de destaque na pauta do CAP. “Catequese para uma Igreja em saída”, “Leitura orante da bíblia”, “Catequese para todos” e “Riscos e desvios da interpretação da leitura bíblica”, serão outros assuntos trabalhos. Durante a reunião, os membros do conselho apontaram sugestões para o encontro.

Segundo o coordenador arquidiocesano de pastoral, padre Geraldo Martins, é importante os eventos arquidiocesanos serem debatidos no CAP. “Isto da mais legitimidade para o evento. Ele não fica sendo só de determinado grupo, mas de toda a arquidiocese”.

A reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral teve, também, em sua pauta a XXVII Romaria dos Trabalhadores e trabalhadoras, projeto sobre o ministério leigos e leigas, uma avaliação dos encaminhamentos do PAE 2016-2020 e informes.


Voltar

Confira também: