Reunião solene na Câmara marca a abertura da celebração do Dia Mundial dos Pobres em Barbacena

14/11/2017 às 17h07

Com uma reunião solene na Câmara de Vereadores, na última segunda-feira (13), foi dada abertura às celebrações do primeiro dia Mundial dos Pobres em Barbacena, na Região Pastoral Mariana Sul. A cerimonia contou com a presença de padres, diáconos, lideranças das pastorais e movimentos sociais e de representantes do poder executivo e legislativo.

O ponto de partida dos debates foi o tema escolhido pelo papa Francisco para o Dia Mundial dos Pobres: “Não amemos com palavras, mas com obras” (1Jo 3,18), tema este que deve interpelar profundamente a vida das pessoas de fé e dos políticos. Há sempre a tentação de termos discursos bonitos, mas uma prática incoerente; há o risco de amarmos com palavras, mas sem obras de verdade.

Entre os diversos temas debatidos, observamos que ainda temos um atendimento muito precário aos pobres de Barbacena e apresentamos aos vereadores e ao Executivo o clamor popular de que no próximo Plano Plurianual, que entrará em breve na pauta da Câmara, sejam reservados mais recursos para o atendimento das pessoas carentes, pois na atual conjuntura social e política de nosso país cresce assustadoramente o número de famílias carentes que batem às portas de nossas paróquias e pastorais pedindo ajuda para as necessidade mais fundamentais na área da alimentação e da saúde. Precisamos passar dos míseros 0,3 % da arrecadação municipal dedicados à Assistência Social para a meta de 5 %; precisamos urgentemente efetivar as parcerias do Município com as Entidades Filantrópicas presentes em nossa cidade, que levam a diante seu trabalho com pouquíssima ou nenhuma ajuda do poder público.

Por fim, lamentamos profundamente que um tema tão relevante como o atendimento aos pobres encontre tão pouca resposta por parte dos próprios vereadores de nosso município, cuja participação foi muito pequena (apenas 3 de 15 vereadores). Infelizmente, temos observados que nas diversas esferas do poder político mundial, nacional, estadual e municipal, os pobres são frequentemente esquecidos. Somente um papa para se lembrar dos pobres! Somente o papa Francisco para criar um Dia Mundial para os Pobres! Porém, é ainda mais triste que os pobres sejam esquecidos pelas nossas comunidades cristãs; esperamos que a Celebração do Dia Mundial dos Pobres renove em nossas comunidades o ardor para o serviço dos pobres. E, como gesto concreto, nos propomos a articular melhor a Dimensão Social da Evangelização em nossa cidade.

Colaborou: padre D’Artagnan de Almeida Barcelos

Pároco da paróquia São Pio X em Barbacena


Voltar

Confira também: